Social Icons

DESTAQUE

PURO STYLE - SE EU TE PERCO (VIDEO)

Puro Style é o grupo que juntou integrantes dos SSP e O2 (N'SexLove) , este video tem como título Se Eu Te Perco, consta do album...

15 janeiro 2013

DAMA DO BLING - BAD GIRL


O mais recente videoclipe da Dama do Bling já está online, filmado em Moçambique por Ho Chi Fu pela Power House, este é o primeiro de muitos vídeos a ser lançado este ano por esta artista.

Assista e deixe o seu comentário em seguida. 

09 janeiro 2013

Mega Júnior - Musica nova


3 Dias - Download

TULEWIS - INTERNET


NOVA Música do TULEWIS já está aqui para DOWNLOAD


B'DSEMPRE - Linhas Subterrâneas



Antes de o introduzir ao universo hip hop eu gostaria que começasses ja com o DOWNLOAD, (clique já para baixar PLEASE).
Agora que já estás a baixar a mixtape, fique a saber que trata-se de um artista angolano residente na Argelia[Bolsa de estudo] elemento do grupo de rap "Os Kranio" lançada oficialmente no dia 12.12.12 Linhas Subterraneas é a primeira mixtape a solo do B'DSEMPRE, conta com a participação de rappers argelinos e angolanos entre eles CMC, trás educação musical, e muita lírica aos vossas ouvidos, curtam a cena.
Faça Download, ouça deixe aqui o seu comentário
Produçao Executiva:  Helmer Silverio
Captaçao:  Ezy.F (Zaaf Records) & Black shine (G-Hustlas Records)
Mistura e Masterização:  Ezy F (Zaaf Records) & Tarcizzo Tenebroso (Massiva Mostphat)
Contactos: +213561268486/+244930791049 E-mailb-dsempre@hotmail.com

06 janeiro 2013

TEAM DE SONHO EM MAPUTO


TEAM DE SONHO é o grupo de artistas aliados a LS REPUBLICANO, em 2012 lançaram um CD e DVD, e com eles viajaram o pais todo (Angola) fazendo show, recentemente começaram a digressão internacional, dai que em apoio a participação de Angola no CAN da África do Sul, estarão dia 18 em Johannesburg, e dia 19 em Maputo no Parque dos continuadores, para alem dos artistas angolanos integrantes do grupo, G2, Richard, Zico, MC Roger e Lizha James honrarão as cores da bandeira moçambicana.

05 janeiro 2013

Dino Cross - compilação fases do Rap Moçambicano (Download)


Fases do Rap Moçambicano é a compilação que reúne músicas e freestyle que marcaram uma determinada época do hip hop nacional, a ideia é não deixar o tempo ofuscar aquela música que ja brilhou um dia. A selecção do Vol I agora apresentada, foi feita de forma equilibrada, gostaríamos ter conseguido incluir nesta primeira leva algumas músicas quase esquecida pelo tempo, mas alegra-nos dizer que vêm mais volumes por ai e que tarde ou cedo poderemos honrar este compromisso que agora assumimos. 


Participaram deste volume: Gpro (2caras, 100 Paus, 3h), Danny Og, Micro 2, Face Oculta, Dinastia Banthu (Escudo E Azagaia), Iveth, Dama Do Bling, Armadu - Magnezia, A-Small - Estaka Zero, Bala De Prata, Track Records (Kloro, Gina Pepa, A2, Beat Keepa), Suky, Chamil e Gustou, inclui alguns freestyles do tempo do txova, ao que chamamos atenção ao valor documental desta track.



Reflexão a luz do dia (II) – RETROSPECTIVA 2012


Bem vindo 2013.
Nos anos anteriores fazíamos balanço anual do dia-a-dia da cultura hip hop em Angola e Moçambique, em 2012 resolvemos fazer diferente, no sexto mês publicamos a primeira “Reflexão a Luz do dia”, que destacou o fim do programa radiofónico Big Show cidade, o mais velho dos programas de hip hop em Luanda, 6 meses depois, já em ano novo achamos que temos o compromisso de reportar os factos que mais marcaram o ano nos 2 países, e assim foi:

ANGOLA
As redes sociais foram o grande meio de divulgação da música rap em 2012, e nesta praia muitos mc’s saíram do anonimato, as rádios apesar de importantes, já não deram as cartas, os artistas rezaram para um novo santo milagroso, o “Santo Facebook”, que operou muitos milagres entre eles o milagre da fuba e do team de luxo.

Beax Box – o programa radiofónico chegou para substituir o Big Show cidade, e revelou-se totalmente diferente, bastante actual e com outro conceito, resumindo é outro formato de programa, mas no mesmo horário, ganhou vida no último semestre do ano e conquistou audiência em FM e pela internet.

READY NEUTRO, ABDIEL, EXTREMO SIGNO, NGA, ZONA 5, DJ SONECA E CAGE ONE, são parte dos  nomes que mais se ouviu falar durante o ano, foram bem sucedidos nas vendas, alguns com agendas de shows repletas tanto em território nacional e bem como no exterior do pais.

FUBA - Foi a música do ano e pensamos que quanto a isso não há espaço para contestações, não há música com mais versões, a febre começou com a ideia do Cenas que Curto e Lusohiphop em reunir mc’s da nova escola para uma versão, que logo em seguida e com o carimbo do Dj Soneca saiu as ruas a música representada pelas meninas, Lubango, Maputo não ficaram atrás e dai muitas outras versões saíram da música original de Extremo Signo e Ready Neutro com sample e homenagem as Gingas do Maculusso.

Bloggers e Rappers
Mais uma vez e já para encerrar o ano, bloggers e rappers enfrentaram-se numa partida de futebol salão, afim de angariar donativos para ajudar o lar infantil AACA, graças a Deus e para a felicidade das crianças esta actividade foi um êxito, assim, no dia 30 de Dezembro, os bloggers e o Movimento Faz Cultura, recrearam com as crianças do Lar foi neste ambiente de festa que os donativos foram entregues.

SSP de novo – Um dos primeiros grupos de rap na estrada, os SSP reescreveram novos capítulos a sua historia, Paul G e Kuddy estão oficialmente de volta ao grupo, não pensam em lançar novos álbuns, apenas gerir a carreira participando em grandes shows, e assim foi em 2012, comemorando 21 anos de carreira, foram cabeças de cartaz do grande show da independência de Angola.



Velha Escola – Alguns dos rappers que começaram o movimento hip hop em Angola, há 21 anos, lançaram o disco velha escola, com a mesma pimenta da década 90. Nomes que já se ouviu falar, mais nunca foram ouvidos podem ser encontrados nesta compilação.

MOÇAMBIQUE
Foi o ano das Mixtapes, agendou-se lançamento de vários álbuns, mais assim não aconteceu, muitas mixtapes foram lançadas para que os artistas pudessem mostrar a sua habilidade e por conseguinte fruto do bom trabalho atingir outros patamares, tal como em Angola, as redes sociais ajudam muito na divulgação da música, mas a televisão dita a regra do jogo, mc’s que inventem em videoclipes têm a change do seu trabalho ir mais longe.

GPRO – o tal “próximo ano, próximo ano, próximo ano” foi 2012, e por alguns meses a Gpro não exteriorizou o seu trabalho, fez segredo do seu dia-a-dia, até que no verão realizaram o show Gpro Forever, onde anunciaram o regresso do 2 Caras e o Profless a label.

K9, Hernâni da Silva, DUAS CARAS, G2, AZAGAIA E SLIM NIGGA, fazem parte de uma vasta lista de artistas que destacaram-se durante o ano, K9 arrepiou no principio do ano com a música facas e já quase no fim repetiu a proeza com  o 100 tabus, o Hernâni da Silva continua o campeão das participações e como sempre sai-se sempre bem, é a sua praia, o 2Caras viajou o pais inteiro fazendo shows com o seu single “tondje emcee” e foi manchete por causa do seu segundo regresso a Gpro, os amantes do bom rap moçambicano alegraram-se com a noticia. SLIM NIGGA com a sua música pais do pandza agradou a maioria e de acordo com a nossa pesquisa, foi a música do ano.



DAMA DO BLING – Foi ousada em escolher o parque dos continuadores, para o grande show que anunciava o seu regresso aos palcos, isso no principio do ano, o espectáculo foi aderido em massa e claro voltou em grande estilo

O DESABAFO DE UM HOMEM “MANO AZAGAIA” – Azagaia levou a público a sua crise conjugal e o seu problemas com as drogras, esse foi com certeza o facto que mais marcou o ano, acompanhe a entrevista completa.


ANGOLA E MOÇAMBIQUE – RELAÇÃO BILATERAL

PONTOS POSITIVOS

LIZHA JAMES, PAUL G E BIG NELO
Mais uma vez nomeados aos prémios do Channel O,  os artistas uniram-se e fizeram companha para angariar votos, um compromisso de representação da lusofonia, não descansaram, e acabaram vencedores só por terem sido nomeados.

GPRO, AZAGAIA E HERNANI DA SILVA EM ANGOLA
A Gpro foram os artistas de cartaz no grande show alusivo aos 20 anos do hip hop angolano, entre os convidados de honra, mano Azagaia também fez-se presente ao show.

HERNANI DA SILVA
Representando Moçambique, esteve em Luanda e participou do jogo de futebol de carácter filantrópico entre os rappers e bloggers, e como bom jogador que é, marcou um golo.

KALIBRADOS APRESENTAM VIDEOCLIPE EM MAPUTO
Num acto reservado a amigos, os Kalibrados apresentaram na cidade de Maputo o seu mais recente videoclipe 

PONTOS NEGATIVOS

O caso Kalibrados em Maputo entristeceu os angolanos e com a assinatura de Sebastião Martins, lemos o seguinte artigo:

"POVOS IRMÃOS MAiS COM RELAÇÃO DE ABEL E CAIM
APRESENTADOR AGITA PÚBLICO A REJEITAR ACTUAÇÃO DOS KALIBRADOS EM MAPUTO

O apresentador do programa “Atracções” da Tv Record Moçambique, Fred Josias, insatisfeito  com a não contratação do artista DJ Ardiles no espectáculo alusivo a comemoração dos 125º aniversário da cidade de Maputo, que aconteceu Sexta-Feira 9 de Novembro,  criticou severamente a organização por estes descartarem a proposta apresentada pelo cantor, dando como preferência a contratação de um grupo estrangeiro, no caso os Kalibrados.

O canal 575 da DSTV, no seu programa Atracções do dia 9 de Novembro, Fred Josias entrevistou o DJ Ardiles que deixou bem claro que não foi a tempo de negociar a sua actuação ao show e que apenas entregou o orçamento por escrito ao que não recebeu nenhuma resposta, acreditando que a não contratação deste artista está relacionado ao facto deste ter apresentado um orçamento alem do normal na praça, o apresentador reagiu de maneira negativa dizendo, “recusam pagar a artistas nacionais, mas têm dinheiro para trazer um grupo que está a rochar em Angola, não queremos os Kalibrados aqui na festa da nossa cidade, alguma vez já viram artistas moçambicanos na festa da cidade de Luanda ou alguma outra festa em Angola?, porque que nós temos que aceitar isso, não queremos os Kalibrados aqui”. Com este acto Fred Josias deu inicio a uma onda de protesto que estendeu-se as redes sociais facebook e twitter bem como sms que circularam pela cidade de Maputo."

2012 NA VISÃO DE LEONARDO WAWUTI

twitter: @leonardowawuti

2012 termina com um sabor contundente de vitória para o HipHop. Vitória porque cada vez mais nos damos conta que não precisamos dos meios tradicionais para divulgação do Hip Hop. A internet veio “mijar” na fuba dos donos de programas de rádio que fazem de rappers uma fonte de receita alternativa. Props enormes para o pessoal da Yeba, Abdiel, e outros que fizeram os seus nomes soar não só Luanda mas Angola toda com a força dos Facebooks, Youtubes, etc. Encheram espaços por Angola durante o ano todo, sem fazer parte do Team de Sonho, do Elenco da Casablanca e sem tocarem na rádio. Isso só demonstra que fazendo o que se gosta pode não nos levar ao topo da montanha mas garante-nos um espaço confortável com sombra no meio dela.

2012 termina também com um sabor mais suave de derrota, aonde as mixtapes de longe superaram os álbuns. Esta situação é recorrente e teve o seu início em 2006 com a explosão Kalibrados aonde maior parte do que saía depois do “Negócio Fechado” era uma imitação (da China ou Nigéria) e não conseguia granjear os mesmo resultados. Isso nota-se até hoje aonde álbuns são meras colectâneas de imitações do que está a bater no mercado. Por não sentir a pressão de “bater”, as mixtapes são de longe mais originais e consequentemente mais notáveis.

2012 termina com um sabor de derrota ainda quanto ouvimos os erros mais básicos e imperdoáveis de português que acontecem tanto na música de um novato como de um som que está a “bater”. O insistente uso do “tu” e “você” na mesma frase para a mesma pessoa e outros mais, são o dia-a-dia das pedras. Como querem ser levados a sério? Mas d’um coro é só pagar que até nos programas mais badalados passa.

A tecnologia é a nossa grande amiga e por causa dela, teremos um 2013 cheio de álbuns e mixtapes. Só espero que no meio desta palha imensa saiam novos CFKs e Xs da Questão e Abdiels.

O que se pede em 2013 é mais originalidade, nada de MCs que falam em estar de volta na sua primeiríssima música, ou ser dono do block quando ninguém os conhece.

Finalmente 2012 fecha com a consolidação do Hip Hop aonde espectáculos em grandes palcos com casas cheias, mais uma vez e com nomes que nada têm haver com os “grandes do momento”, aconteceram. O hip hop está mais vivo que nunca e melhor agora pois é independente. Com alguns problemas é verdade mas aqui, barulhento, com atitude, a falar à-toa, consciente, com falta de educação, a crescer e a aprender. Aqui.

novos Videoclipes

RAGE - ONTEM FOI ONTEM FEAT RAINHA DA SUCATA
DOWNLOAD MP3

TRIO FAM

MICRO 2 - MORTAL KOMBAT


CAGE ONE FEAT MAD E YOUNG - MO DINHEIRO

 

Contactos

DINO CROSS +244912204076
http://www.facebook.com/BlogDinoCross

Até agora (desde 20 de Março/08)

free hit counter

Blog Archive

 
Blogger Templates