Show de Paul G e amigos

Sábado 21 de Outubro, O Cine atlântico em Luanda, foi palco do grande show em que Paul G, reuniu o seu leque de amigos de luxo para juntos abrilhantaram a noite, assim aconteceu. Previsto para começar as 19, o espectáculo começou as 21 horas e dos anunciados os grandes ausentes foram, o americano Omarion e os angolanos Kid Mc e Yannick Afroman, o show foi preparado ao pormenor para que nada desse errado, estivemos presentes aos ensaios e sentimos a energia positiva daquilo que seria o espectáculo e assim foi.

Quando eram 21h:07min, Almir Agria chama ao palco os BDD para abrir o show com a interpretaram 2 temas, igual numero para Mona NiCastro e BWG que actuaram logo em seguido respectivamente, em relação ao Mona NiCastro o público murmurou indignado ao perceber que o DJ Wall G interrompeu a sua performance, quando numa mistura nos apercebemos que o interprete já estava no terceiro tema, mas não foi essa a bandeira do show, nem o “Mano” zangou-se (julgamos). Com cada um tema seguiram-se as actuações da Click LV, Os 3 e Os Génesis, e chamou-nos atenção o facto de um integrantes da Click LV apareceu com a habitual performance de identidade de Action Nigga dos Génesis, calções jeans curto vulgo Txuna Baby, Action em palco não exteriorizou o seu desagrado pelo sucedido, mas em gesto de desabafo noutros fóruns chamou atenção a falta de criatividade do membro da click, falando em criar, o grupo Os 3, são bons de dança, mas é bom esclarecer aqui (antes que nacionalizem os seus passos de dança) que aquela coreografia apresentada pelo grupo é da música “facebook” de sulafricano Dj Cleo (youtube it).

Cage One como se diz nas ruas é “pai grande”, grande performance e merecidas foram as palmas de reconhecimento, não há como negar ele tem muitos fãs, depois entrou o Papetchulo para encerrar o primeiro bloco.

22 horas e por trás de um grande ecran salta para o palco Paul G que com a explosão de fogos de artificio da inicio a sua performance, a música era “Get Control”, segue-se a música “Bang it” e logo em seguida entra a ZONA 5, os primeiros convidados do segundo bloco de amigos, “vamos brincar de sipó” estragou com a casa, realmente a Zona Cinco está no top desta City, mas eles não estão sozinhos, a Army Squad mostrou a diferença que os distingue dos demais grupos, eles são imortais, ficou provado isso, bastante aplaudidos por todos, performance imprópria para insensíveis.

Há quem diga “lady first” é gentileza, então a bandeira do show foi essa, deu boom porque a Ary, única convidada feminina, não seguiu a estes critérios, mas na verdade isso pouco importa, ela deu muita karga com “isso vai dar boom” (e deu mesmo) e “Betinho”, Puto Prata veio ao palco depois da Ary e fez bonito sim senhor, num instante mágico Paul G conquistou a sensibilidade de todos com o tema “tem melaço” dos Kalibrados, grupo que interpretou um mix de sucessos do seu primeiro álbum.



“o grupo que vem a seguir, são kotas mais dão karga a artistas de 18 e 20 anos, é a supremacia da música angolana” foram essas as palavras usadas por Paul G para descrever os SSP, enquanto entravam em palco Kuddy, Jeff Brown e Big Nelo, foi aos nossos olhos o momento mais alto do show, (qual americano qual quê). 21 anos de carreira e um depois da ultima performance juntos, lá estavam mais uma vez reunidos os quatros meninos dos SSP, não há palavras para descrever o momento, a emoção tomou conta de tudo, foram recebidos com todas as honras, quem estava sentado levantou e com muitos gritos e aplausos, começaram mais uma vez a sua performance com a música “Sucesso” extraída do álbum alfa, eles dançavam no palco e o público nas bancadas, muita electricidade, deu para matar saudades de Kuddy e Jeff Brown, 3 temas depois deixam o palco da mesma maneira como entraram, cheios de aplausos e assobios.

Um pouco triste e humilde vimos Paul G, a lamentar a “facada” que foi a ausência do cantor Omarion, que não chegou a tempo de participar  do show, mas o público nem importou-se e concordou quando o cantor disse “é bem verdade que vocês estão aqui pelos artistas nacionais” e de facto tinha razão o espectáculo teria sido bom na mesma, só com os amigos angolanos, mais amizade não tem nacionalidade, e o último amigo convidado saiu do Soweto para palco do Cine Atlântico em Luanda, e com o sucesso que os levou a ser nomeados aos awards do channel O, Maezee e Paul G encerraram o show que teve a duração de uma hora e trinta minutos, grande espectáculo, toda a produção está de parabéns, ao Paul G fica aqui o reconhecimento ao valor que dá a família e aos amigos, foi lindo ver toda sua família e amigos a prestigiarem este momento importante da sua carreira.




Comentários

Mensagens populares deste blogue

RAINHA DA SUCATA