Social Icons

DESTAQUE

PURO STYLE - SE EU TE PERCO (VIDEO)

Puro Style é o grupo que juntou integrantes dos SSP e O2 (N'SexLove) , este video tem como título Se Eu Te Perco, consta do album...

06 dezembro 2011

MC K OPTA POR NÃO REALIZAR SHOW (Truques do MC K PART II)


Tudo começou em 27 de Fevereiro de 2011, quando no show do Bob da Rage Sense, Ikonoklasta resolveu ofender os politicos do pais e insentivou a população a aderir as manifestações contra o governo eleito, está actitude deu origem a uma onda de praticas contra a estabilidade da actual governação, neste mesmo periodo o jovem Carbono do grupo CCC que até a altura nunca teve participação na vida politica do pais, reencarnou o espirito rebende do Ikonoklasta e resolvou de igual modo insentivar os rappers a participarem nestas praticas de protexto que na maior parte delas terminavam em desarmonia e actos vandalos.

MC K que tinha agendado para 4 de dezembro no Elinga Teatro a realização do show de apresentação do album 'proibido ouvir isso', culpou pela não realização do espetaculo ao determinado no Decreto presidencial nº 111/11 de 31 de Maio, no seu capitulo III, artigo 22º onde esclarece as condições para a realização de espectáculos e divertimento públicos, uma Lei que ao seu ver fora aprovada para evitar situações como as do Ikonoklasta e do Carbono, o facto é que MC K chamou para uma conversa todos os jovens que se faziam presentes no Elinga Teatro para explicar os porquês da não realização do expectaculo, na altura Kappa chegou a dizer que a direcção do Elinga fez saber que só poderiam realizar o show se apresentassem um documento com a autorização do ministério da cultura, na conversa com o público (como se pode ver no video) MC K acredita que as exigencias do estipulado no artigo 22 exactamente no show da CCC e da Masta K têm a ver com o envolvimento de alguns rappers neste processo de manifestações, ate porque esta Lei é de 31 de Maio do corrente ano, sendo verdade ou não, uma outra verdade surge quando entrevistamos Mc K de forma informal.

Perguntamos ao MC K porquê que estás coisas só acontecem como ele, o primeiro facto foi terem proibido a venda do seu álbum na portaria da Radio Nacional de Angola, porquê que ele acredita que o jovem lavador de carro Cheroke, morreu simplesmente porque estava a ouvir ou a cantar a sua música "Sei lá que wawê" e este recordou-nos que não é a única vitima a prova disso foi o cancelamento do show dos CCC, sobre o jovem Cheroke MC K usou do seu principal bilingue ou seja no artigo aqui publicado sobre os truques de Mc K, escapou-nos a sua principal arma, Kappa tem um vasto vocabulário e usa uma linguagem técnica de difícil compreenção, muitas vezes para não sermos tomados por ignorantes, português bem falado soa-nos certo e as aceitamos mesmo não entendendo nada, deu tantas voltas para não falar nada, foi dai que confessou que a Masta K está registada como empresa vocacionada a realizar actos culturais, bem como lançamento de livros e reune condições para realizar show, e que a medida tomada da não realização do espectaculo surge depois de uma conversa com o Delegado Provincial da Cultura que o advertiu a não realizar. Temendo que comportamentos não cívicos como o do Ikonoklasta aconteçam, e claro para que a Masta K nao seja vista como insentivadores destes movimentos de manifestantes, deu a volta por cima e como estávamos no Elinga deu-nos teatro.

Também perguntamos se ele não cria estas situações "manamadoistas" para fazer marketing de si mesmo e aumentar o credito diante dos fãs o que afirmou-nos apenas que tira proveito a seu favor de todas as situações do seu dia-a-dia.

A nossa conversa foi bem demorada, numa altura em que notamos que fugiu-se do hip hop para a política, perguntamos: MC K tu es politico? ao que respondeu-nos: todo cidadão exerce politica, nisso cortamos o seu argumento com uma pergunta bastante clara, responda com sim ou não, és politico? sim! respondeu-nos.

Em jeito de conclusão, toda está situação aconteceu sim, apesar de não termos conseguido contactar o delegado provincial da cultura, para confirmar os factos, mas a verdade nua e crua é que o artigo 22º da Lei de 31 de Maio nada tem a ver com a não realização do show da MASTA K, mas sim para evitar situações que saim do seu controle e aproveitar tirar proveito a favor da divulgação da venda do seu album, usando como alicerce as burocracias da Lei, permitindo assim o nascimento de um espirito de contestação actos que resultariam em publicidade gratuita em blog e nas ruas.

Quando pensávamos que estávamos vacinados contra os truques do MC K, cá estamos outra vez a divulgar uma *polemarketing do MC K.

*polemarketing (Polemica+Marketing)

Texto escrito por Pappy Love

1 comentário:

blackmanba disse...

Dino, sinceramente o porquê desses ataques ao katro? isso so mostra que es mais um lambe-botas do regime, e para de ti considerares jornalista, na realidade ñ passas de um pseudo-jornalista

 

Contactos

DINO CROSS +244912204076
http://www.facebook.com/BlogDinoCross

Até agora (desde 20 de Março/08)

free hit counter

Blog Archive

 
Blogger Templates