Social Icons

DESTAQUE

PURO STYLE - SE EU TE PERCO (VIDEO)

Puro Style é o grupo que juntou integrantes dos SSP e O2 (N'SexLove) , este video tem como título Se Eu Te Perco, consta do album...

27 junho 2010

O QUE NINGUEM ANTES PERGUNTOU

DYGO BOY

Numa destas sextas feiras do mês de Maio, apetecia-me ouvir rap, um rap assim com atitude e ao deslocar-me ao espaço Bahia no carro o disco que chamou-me atenção foi o "WE RUN MAPUTO" dos Magnezias, um álbum nada tímido, lembrei-me de como foi a fabulosa actuação deles no show do DJ Dabo no africa bar, e de música em música no cd a track 5 dava-me inspiração para fazer freestyle, gostei da vibe, mas a música com o titulo One incentivou-me a ligar para o Dygo Boy para fazermos esta entrevista que varias vezes a tentarmos marcar e como haviam muitos desencontros virtuais, num domingo destes de Junho encontramo-nos no facebook e aproveitamos a ocasião e o resultado é este:

Dino Cross (Texto)

Fotos: cedidas pelo entrevistado

BLOG: É notável o teu empenho em prol do hip hop, quem é afinal o Dygo boy?

Dygo Boy: Dygo Boy é um jovem que nasceu no bairro da Coop periferias da cidade de Maputo (Moçambique) onde é predominante o flor rap nas alturas de 1999 2000, entrei para a 360 graus, onde comecei a carreira como mc subindo palcos do tchova com rappers que no momento surgiam na praça.

BLOG: - E como surge os Magnezias?

DB: Magnezias surge em 2004 com membros de um grupo de rap street chamado B.O.C., (Masta Bad, Carbono, 3H, Denny O.G, Dynomite) eu como era dupla do dynomite, crescemos na mesmo zona, sempre fomos amigos, desde a infância, B.O.C. sempre via a minha presença, atitude e skill, convidaram a mim juntamente com o Bala de Prata para fazer parte de um grupo que veio a se chamar Magnezia, praticamente jovens de diferentes bairros, mas todos amantes de rap street, rap das ruas mesmo , nada de fofoquices e amores, é mesmo rap do bloco como se diz.

BLOG: Falou sobre a sua amizade de infância com Dinomite, o afastamento dele dos magnezias comprometeu a vossa amizade?

DB: Dyno é meu irmão, eu faço de tudo para nunca misturar amizade e o negócios, eu sou fiel a Dyno até a morte, crescemos como família e até hoje somos família, minha amizade com Dyno está intacta, nós antes do seu afastamento sentamos e pusemos as ideas em pratos limpos, ele tinha ambições no momento e eu tinha que respeitar e apoiar a isso como irmão, então negócios a parte e amizade a parte, Dyno é magnezia "4life", ele ajudou a montar os blocos para o prédio crescer foi um dos arquitectos, apenas divergências de ideias dos demais membros e ai preferiu afastar-se e respeito isso dele "we good"

BLOG: Como tu defines os Magnezias? um grupo de rap? uma label? o que é exactamente os Magnezias?

DB: Primeiro antes de business é uma Family nós tratamos isto com lealdade, Magnezia foi registrada como empresa, dentro da Magnezia, tem Magnezia grupo musical, Magnezia Clothing Line que começou com camisetes , agora novos artigos, a Label Magnezia tem agora artistas para lançar como último nível , Tek solo, Hawayu solo, então é uma empresa que usamos o nome para fazer um bocado de tudo, show, roupa, música, vídeos, agenciamentos, mercado independente, temos de beneficiar de tudo. - acrescentou

BLOG: Onde Dygo Boy é? O que é o Dygo Boy dentro dos Magnezias?

DB: Ceo sou da último Nivel juntamente com carbono, nossa idea, nosso investimento, nossos contactos e tudo mais, a decisão final cabe ao carbono e a mim, na Magnezia sou o membro que cuida da imagem, CEO é Carbono e 3H, mas 3H em 2009-2010 teve de dar uma pausa para o grandioso retorno da gprO, então ficamos mesmo nós os 2, eu e o Carbobo a tomar conta da vasta equipe, neste momento Carbono e Dygo gerem o grupo, mas na Magnezia eu sou mais um membro que cuida da imagem, e relações publicas do grupo, normalmente dizem que me saliento mais pela energia e por acreditar no que a gente faz, porque a gente trabalha muito mesmo, não descansamos nem relaxamos é "work" é muito "work" mesmo.

Blog: É possivel Magnezias sem Dygo Boy?

DB: hehehehe… bem, isso cabe aos demais membros e fãs a decidirem, eu por mim diria que seria algo diferente sem mim, porque comigo é que vem aquela presença agressividade no marketing agora sem mim seria so vendo, eu sei o quanto contribuo para o grupo, dou 100 por cento e mais algum, luto pelos nossos ideais e me entrego pelo que ajudei a criar, então Dygo Boy = Magnezia, sou soldado da taem, amo o que faço, amo o que ajudei a criar e estou aqui para ficar se depender de mim não saiu mesmo

Blog: E o que se pode esperar dos Magnezias futuramente?

DB: bem, desde 2004 até 2010, nós, todos estes anos só evoluímos e mostramos seriedade no hip hop, em alturas que mc's estavam no guarda-fato, nós continuamos a fazer isso, então planos da Magnezia é por a bandeira de Moçambique no patamar internacional, a gprO o fez, a cotonete também, nós queremos seguir esse rumo, já somos famosos a nível dos palopes ja recebemos telefonemas de labels de Portugal, Angola, África do Sul, isso é gratificante e o movimento não pode parar agora, entao mais gás, mais músicas, mais shows, solidificar a label, neste momento com Hawayu na label, queremos um patamar mais comercial, pop, passadas, etc então sempre a subir, queremos ser a futura rocafella, mais karga mesmo

BLOG: Como vocês são vistos dentro do hip hop moz?

DB: Eu acho que sem Magnezia o rap independente estaria fraco demais, porque da nova geração só nós é que não temos medo de tentar, tens old school labels que sempre estiveram ON, mas sem nós a nova geração do rap não seria respeitada porque ninguém acredita neles, é raro apanhares old school rappers a misturarem-se com novos rapers, raro mesmo, então nós somos a ponte do old e new school independente, nós mostramos que podes conseguir ser respeitado, Magnezia é simbolo de trabalho em equipe, sem nós o rap street não estaria a ser valorizado, mcs fazem muita musica para ter atenção e raramente fazem o que querem de coração, fazem para estar no palco para estar na tv e na rádio nós fazemos o que as ruas e massas ouvem, street rap.

Perguntas que nunca ninguém teve coragem de fazer:

BLOG: Porquê muitos acham que Dygo boy é arrogante e com isso está a afundar os Magnezias?

DB: bem isso são aqueles cantores que não tem onde cair, eu de natureza sou muito confidente, demais, se sei que somos capazes e provamos que somos capazes, eu digo de cara que sim, isso doi a muitos que não são capazes, agora eu na minha team sou um dos mais novos 3H, Carbono, dynomite, fabio etc, todos são mais velhos que eu, não seriam parvos me chamarem para um sitio, eu estragar e eles assistirem e deixarem, então isso são papo de djelous e artistas sem visão, tem mais tempo para assistir o dynomite que trabalhar, eu pergunto: 6 anos e magnezia está onde está, se tivesse eu a estragar porquê não me mandam embora? se de facto estou a estragar, porquê não mandam embora? se eles e que me meteram! e porquê não perguntam aos membros do grupo o que sentem em relação a isso? porquê só falam e ninguém da Magnezia comenta sobre isso? acho mais, bate boca de gente , é normal

BLOG: Porque o chamam de filhinho de papai e mamãe?

DB: bem eu sou filho de alguém hehehe isso todos somos (humorizando), olha é assim minha familia tem 3 dirigentes e figuras públicas em Moçambique de renome, minha tia foi ministra das financas, vice ministra e primeira ministra, minha mãe é ministra da função pública, meu tio vice ministro, então isso automaticamente trás aos djealous ideas de bla bla, nao podemos todos nascer iguais eu tenho orgulho da familia que tenho e agradeço a Deus por terem me educado e preparado para o mundo como fizeram, então eu sou isso mesmo, filho de uma boa familia com orgulho e graças a Deus

(A pergunta a seguir levou 27minutos a ser respondida)

BLOG: porque associam o facto de os teus pais terem posses com as suas actitudes? Consideras te egocêntrico?

DB: é assim mano, eu sou muito directo e muita das vezes intepretam mal, minha familia não tem nada haver com a minha carreira, eles associam isso pelo facto de eu talvez ter algo a mais que os outros, Dygo é Dygo, em casa eu sou o Hugo, filho, na música eu sou o Dygo o caracter que criei com o meu merito e meu esforço, minha familia não tem nada com isso, agora as pessoas que isso falam, falam porque vêm Dygo a vencer, logo só podem tentar arranjar uma desculpa, Dygo ganha sempre porque tem dinheiro ou porque tem familia, olha Carbono também tem familia no governo, Kuvas também tem e não associam-lhes assim porque não sabem, mas de mim sabem, por isso mencionam é tudo djealous djoni hehe, eu amo rap e não paro para distrações, faço por love e faço bem.

BLOG: Mudando de assunto, Qual é a responsabilidade que carregas na costas em prol do rap moz.

DB: Promotor eu diria isso, ajudo a desenvolver, sou um jovem com muito feeling e não gosto de ver mc’s na sombra da bananeira pensando que já são algo, nunca basta, eu promovo o rap nacional.

BLOG: Se pudesses mudar algo no rumo do rap moz o que mudarias?

DB: Mudaria o egoismo, há muito egoismo mc’s não conseguem admitir que gostam do trabalho do outro, então mais união, falta união, há muito egoismo só querem estar lado-a-lado de quem está no top no momento, o resto e só falsidade associam-se com interesses.

BLOG: Qual é o feedback que tens sobre o rap feito em moz na diaspora?

DB: mano sem querer por meu pais em cima neste momento rap moz ta no seu aús, we the best 2009-2010, moz está andar Magnezia, gprO, Cotonete, Tri Fam voltou em grande e muitos novos grupos temos Slim Nigga, Hernani, Laylow, D-Lon, Impro, artistas que se destacaram bem, dj dabo, mais karga em conjunto

BLOG: Tens muitos BEEfs?

DB: naaaaaaaa… Dygo naaa, tem muitos haters mas beefs naaa, Raio X, foi algo do momento com meu grupo, agora eu como solo naaaa, tenho é muitos invejosos e tou ciente disso, eu não perco time para beefar man, não é minha cena

BLOG: rapers a fazerem pandza encomoda-te?

DB: bem é assim, eu levo o pandza como uma música criada por jovens com muito talento e moçambicana, agora o que me encomoda é tu dizeres que és mais mc que muitos que fazem rap enquanto fizeste rap e já não estas a fazer. Tu vais fazes pandza e nessa altura surge um novo mc por exemplo, um Dygo e depois o que faz pandza vem e diz que é mc e aquele Dygo não é nada, não! Demostra, Eu não faço outros géneros, mc apenas rap, muitos gajos sujaram o nome do pandza porque só queriam mola, era um genero que predominou, então é frustrante nós a batalharmos pelo rap e alguem vir e dizer que rap não é nada, pandza e que da dinheiro, quando rap volta ele também volta e diz que rap eu sempre fiz e faço melhor que muitos mas agora mc’s ventania não, não concordo.

BLOG: Imitar americanos e traduzir letras o q te diz?

DB: frustrame, então não podemos exagerar e não ser originais

BLOG: ja presenciou uma situação em Moz onde traduziu-se uma letra ou punchline?

DB: já varias, nos damos shows a 7 anos, mais de 30 shows dados por nós e nós damos opurtunidades a muito rappers de mostrar trabalho, então ja ví muitos rappers a traduzirem linhas do Eminem, Lil Wayne, Drake, mesmo do hernani, 2 caras mas é assim… quando isso acontece ai é que vez o impacto do nosso rap, se alguem repete o que o Hernani ou Karaboss disse, eu gramo é gratificante, vê-se que estão a consumior moz, mas agora, emitar versos de Wayne, Drakes: epá isso é ser mesmo fotocopia, já imitamos estilo de ser e tal, letras não, seja criativo.

BLOG: Qual é o teu top 5 de mc’s Moçambicano?

DB: 5-azagaia, 4-asmall 3-real vice, 2- Flash, 1- Karaboss

BLOG: top 5 da lusofonia?

DB: 5-Dji Tafinha 4-Bonus, 3-karaboss, 2- valete 1- sam the kid, se perguntares da nova geração, cfkappa rebenta todos, CFKappa é o futuro, tiro chapeu para ele sem exitar, CFKappa is the truth.

BLOG: O que tu achas importante as pessoas saber sobre ti?

DB: bem deveriam saber que Dygo é um jovem que luta pela cultura hip hop em moz e sempre vou o fazer de coração aberto, queria aqui aproveitar dizer que hip hop lusofono depende de cada um de nós, menos beefs, menos inveja e mais trabalho, o que a gprO, Valete, Sam the kid, Kid mc, kalibrados fazem deve nos inspirar, vamos la por mão na massa e trabalhar com muita força, Magnezia é minha familia e eu a mobilia da casa.

Eu dou maning gás pela união da nova geração de hip hop e a old school, eu luto por isso a anos, nao tenho vergonha de me juntar a um new cat, porque o futuro do rap ta com eles. Epah, magnezia montei tudo desde imagens, shows, videos, songs, os 2 cds ajudei rappers como Slim Nigga, LW, LCD, Young Sixties a surgir.

PERFIL

Nome: Hugo Diogo Mendonça

Idade: 25 anos

O que mais ouve em casa: oiço mais house music e rap moz

Perfume: Polo Ralph Louren

Mc preferido: B.I.G. / 2Caras

Estado civil: não respondeu

Ocupação: gestor de segmentos do bci

O que mais gosta nas pessoas: gosto de sinceridade

O que menos gostas: odeio falabaratos (mentirosos)

Moçambique: Moçambique é meu espirito é o que respiro

Estuda: estudei em cape town, graduei-me no ano de 2008 em marketing comercial

Dança passada (Kizomba): Passada danço muito bem , sou fan de nelson freitas

Politica: politica não gosto porque vejo como familiares meus sofrem e nao têm, muito tempo para a familia.

14 junho 2010

NOTICIA: Trio Fam de volta a casa

Vai ser difícil considerar 2010 como o ano da marrabento como almeja Stewart Sukuma, depois da gprO, agora nesta altura não deve ser novidade para ninguém o regresso a actividade da Trio Fam, pelo menos para o pessoal de Moçambique, para o pessoal em Angola a informação é que a Trio Fam ressurge agora com o rotulo da Mukheru Music, faz já um tempo que estão desvinculado da Track Records, um rompimento amigável, sem beef's e com a mesma cumplicidade.

Surge agora a Mukheru Music que é uma label que trás como rosto ou porta-voz, o também antigo membro da Track Records e um dos fundadores da 1st Class, Sagaz, que afastou-se dos palcos mais não da vida musical e tenta agora dar todo o seu saber como promotor.

Trio Fam é primeiro grupo da label e está para breve a estreia do primeiro video da label, o teaser já brilha na Stv (televisão privada de Moçambique) e em alguns blogs, em breve e com a devida autorização o video estará disponível aqui no seu blog.

Já conhecemos os hits da Trio Fam e esperamos divulgar o mais rápido possível o seu disco, é de certeza o regresso mais esperado do momento.

13 junho 2010

BEEF PARA HEAVY C

Este barulho não é de hoje, e quando já pensávamos que o assunto tivesse morrido, lá surge novamente a NEW CREW com esta música, e porquê estamos a dar suporte a este beef?, este blog já não incentiva o beef, mas neste caso estamos a dar o direito de resposta a estes jovens que tentaram a todo custo reivindicar os seus direitos como clientes de Heavy C, mas fase ao abandalho e desrespeito a que foram submetidos as coisas só poderiam mesmo chegar a este ponto.

De acordo com as declarações de Dela Hélio e Jorge o Rei da Selva, Heavy C terá recebido 1000 dólares pela produção de uma música para o disco da New Crew, produziu, captou e não entregou a maquete porque argumentou que só entregaria se a mistura da música fosse feita na Europa, já que no seu ver o Elliei em Angola não está ao nivel ou ao padrão exigidos por ele exigido, passados 9 meses para surpresa da New Crew, Heavy C lança o seu disco onde uma das primeiras músicas trás como tema ou a ideia foi a mesma em relação a música que produziu para os jovens que o pagaram, para perceber-se melhor esta historia, o Heavy C fez um kizomba com o teor ou o mesmo tema que o rap que produziu para a New Crew, sendo isso crime ou não, plagio ou não, a verdade é que a New Crew não gostou nada disso e todas as portas a que foram bater para reivindicar seus direitos, não se abriram.

A ética e os princípios jornalísticos não permitem que se faça acusações sem dar oportunidade a todas as partes de se pronunciarem, é respeitando isso que entramos em contacto com Heavy C que não manifestou-se disponível para a entrevista, naturalmente este blog está disponível para futuras abordagem no que diz respeito a direito de resposta do Heavy C.

É desta forma que a New Crew desabafou em música.

Não queremos saber - DOWNLOAD

12 junho 2010

MUSICAS PARA DOWNLOAD

Raiva não precisa de apresentação, as ruas conhecem este dude
I wanna Rock - DOWNLOAD

ASTERIX O NEFILIM
Asterix o Nefilim é um Rapper natural de Cabinda. Gravou a sua 1ª música intitulada Magna Carta em Luanda nos estúdios Arte 100 Nome do Phay Grand o Poeta em 2007. Tempos depois regressa a Cabinda onde juntou-se com o seu velho amigo Sacerdoth a.k.a. Francisco Mingas, com o Real Mc e juntos formaram a “Coligação Letal”. Começaram a trabalhar com a XP (Xtraga Produsons) “Dj – Gálio”, onde gravaram duas faixas, e neste momento o trio está a trabalhar para o seu 1º projecto intitulado “Reconstrução”, que contará com várias participações à anunciar em breve. Por enquanto deixo–vos aqui a track “Ser Feliz” produzida pela XP e conta com a participação de Sacerdoth e Gálio.
LCN esta desde 1998 no cenario HIP HOP em atividade
Agora decide lançar o seu album Intitulado
"CARTAS FORA DO BARALHO" contento 12 Faixas
Ha muita espectativa, as musicas estão sendo
elaboradas com muita cautela nos Estudios FB Produções
com algumas produçoes de Rafeiro e Lcn e conta com participaçao de Duplo N
Sou Brasileiro mas se deus quizer meu album sera lançado em ANGOLA.
Deixo 3 Musicas Promocionais distribuido em Angola por DuPLO N

Para mais informaçoes:
CLONE MC - DOWNLOAD
DECLINIO MORAL - DOWNLOAD

Musica: Em Busca do Tesouro Escondido.
Grupo: The Black Doggs
Label: New Production

Descrição da musica
Artista: Demolidor com Xtoik
Titulo: Raptona
Produção e Mistura: Demolidor
Gravado no gXtudio

RAPTONA
Definição: Palavra composta por aglutinação, deriva da palavra RAP + MARATONA, em outras palavras "Corrida do Rap".
Uma cena butal e selvagem, com tantos mc´s ganânciosos em vencer, mas, só o mais forte chegará a meta.
Envolve 3 etapas (Skillz , Rimas & Battle) recheadas de desespero, gladiadores com sede, caçadores e presas......
Esta música é mesmo um filme!
Escutem "Raptona" de Demolidor A.K.A "O SENHOR" com Xtoik.
 

Contactos

DINO CROSS +244912204076
http://www.facebook.com/BlogDinoCross

Até agora (desde 20 de Março/08)

free hit counter

Blog Archive

 
Blogger Templates